quarta-feira, 30 de julho de 2008

LITERATURA - JOÃO UBALDO RIBEIRO: O Camões de júbilio, consenso e... pedidos de esclarecimentos


O ESCRITOR brasileiro João Ubaldo Ribeiro foi o vencedor, deste ano, do Prémio Camões 2008, o mais importante galardão atribuído a autores de língua portuguesa. É o oitavo escritor brasileiro a ser distinguido com este prémio, que na sua edição anterior foi para o português António Lobo Antunes.

Instituído pelos governos português e brasileiro em 1988, o Prémio distingue, anualmente, um autor que, pelo conjunto da sua obra, tenha contribuído para o enriquecimento do património literário e cultural da língua portuguesa।

Este ano, o vencedor foi escolhido por um júri de que fazem parte Maria de Fátima Marinho, professora catedrática da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Maria Lúcia Lepecki, professora catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Marco Lucchesi, escritor e professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Ruy Espinheira Filho, escritor, jornalista e professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA), João Meio, poeta e jornalista angolano, e Corsino Fortes, diplomata e presidente da Associação de Escritores cabo-verdianos।

Miguel Torga inaugurou em 1989 - o primeiro ano da atribuição do prémio, a lista dos vencedores।

Desde então, foram distinguidos nove autores portugueses, oito brasileiros, um moçambicano e dois angolanos. Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Guiné-Bissau não viram ainda qualquer dos seus escritores premiado.

Um comentário:

Guilherme Freitas disse...

Parabéns ao grande João Ubaldo Ribeiro pelo prêmio. Um orgulho para todos nós brasileiros.