segunda-feira, 20 de outubro de 2008

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS . Frelimo e Renamo ocupam os primeiros lugares no boletim de voto


O PARTIDO Frelimo e os seus candidatos às presidências das 43 autarquias nacionais vão se posicionar em primeiro lugar nos boletins de voto para o sufrágio de 19 de Novembro próximo, segundo ditou, sábado, o sorteio realizado pelo Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE) para definição dos lugares que as organizações concorrentes a estas eleições irão ocupar na folha de votação.

Ainda de acordo com o mesmo sorteio, a Renamo e os seus concorrentes à liderança dos municípios irão posicionar-se em segundo lugar, enquanto que em terceiro ficará o PDD, seguido do PIMO।


Coincidentemente, estas são as quatro formações políticas que concorrem na maioria dos municípios, com a Frelimo e a “perdiz” a apresentarem-se nas 43 autarquias cada e o PDD e o PIMO em 16।


As restantes organizações, cuja maioria concorre em apenas uma autarquia, quedam-se nos lugares imediatamente seguintes, com o PT, UNAMO, Aliança Nacional Democrática, União para a Mudança, Coligação Ecologistas Os Verdes, JPC, GRM e outros a seguirem-se-lhes de acordo com a autarquia em que almejam governar।


A cidades da Beira, Matola e Maputo são as que apresentam maior número de concorrentes.
A Comissão Nacional de Eleições (CNE) aprovou e mandou afixar para consulta pública os processos de candidatura de um total de 105 concorrentes para as presidências das 43 autarquias nacionais, bem como de 7073 aspirantes a membros das respectivas Assembleias Municipais। Trata-se de concorrentes apresentados pelos partidos Frelimo, Renamo, PIMO, PT, UNAMO e MONAMO-PSD. Da lista ontem divulgada constam ainda as candidaturas apresentadas pelas coligações Ecologista Os Verdes, Aliança Nacional Democrática e União para a Mudança.


Grupos de cidadãos eleitores que se juntaram para concorrer em alguns municípios também viram as suas propostas aceites pela CNE। São os caos do JPC, da cidade de Maputo, Grupo para a Mudança de Marromeu, Grupo para a Democracia da Beira, OCINA e Grupo de Naturais e Residentes da Manhiça.


De todos os proponentes, apenas a Frelimo e a Renamo apresentam candidaturas para os 43 municípios।


Enquanto isso, o STAE programou para esta manhã o sorteio para a definição da ordem de utilização dos tempos de antena. De acordo com a legislação eleitoral, os partidos políticos, coligação de partidos, os grupos de cidadãos eleitores que apresentem candidatura e os concorrentes às presidências das autarquias gozam do direito de utilizar, gratuitamente, os órgãos de comunicação social do sector público para procederem à propaganda dos seus programas eleitorais durante o período de campanha eleitoral. A campanha eleitoral para as eleições autárquicas de 19 de Novembro arranca a 4 de Novembro e prolonga-se até ao dia 16 do mesmo mês. A Lei Eleitoral refere que para o sufrágio autárquico a campanha eleitoral tem início 15 dias antes da data das eleições e termina dois dias antes da votação.

Um comentário:

Lilian disse...

Dica de leitura...Textos ácidos e sarcásticos, pra quem quer ficar por dentro dos assuntos políticos de forma leve.


www.mosaicodelama.blogspot.com

Boa leitura!